They´re almost all in this togheter

Há 13 anos, estreou o primeiro dos três filmes de High School Musical, sendo que o sucesso destes marcou a nossa infância e ainda hoje nos deixa nostálgicos. Uma equipa de basquetebol, um grupo de teatro, a carismática professora de teatro, as músicas e o romance entre os protagonistas Troy (Zac Efron) e Gabriella (Vanessa Hudgens) foram os principais fatores para o fenómeno High School Musical.

Fonte: Pinterest

Este ano, a Disney decidiu que era altura de seguir o lema da música “Start of Something New” e inovar. Assim, com o lançamento da plataforma digital Disney +, surgiu uma nova série musical inspirada nestes filmes. “High School Musical: The Musical: The Series” (HSMTMTS) estreou a 12 de novembro e é sobre um conjunto de estudantes que irá ensaiar uma peça de teatro inspirada no filme High School Musical. Isto porque a nova professora de teatro acha curioso que o liceu East High seja a escola onde o filme foi originalmente gravado.

Caixa de texto: Fonte: Pinterest
Fonte: Disney +

Olivia Rodrigo é a atriz principal e interpreta Nini, a rapariga que consegue o papel de protagonista na peça, graças à sua versão da música “Start of Something New”. Joshua Basset interpreta Ricky, o rapaz que não pertence ao grupo de teatro, mas que vai fazer a audição para ocupar o papel de Troy para tentar reconquistar Nini – que o largou após uma declaração pública de amor que não foi correspondida. EJ e Gina serão os “vilões” que vão fazer de tudo para ficar com os papéis principais na peça e para que Nini e Ricky não reatem o namoro. Por fim, destaca-se que o papel de Sharpay na peça será interpretado por um rapaz gay, sendo que a homossexualidade é um tema explorado na série.

Como é possível perceber, esta série não representa uma reinvenção do género musical, tendo sido muitas vezes comparada a uma outra série de sucesso: Glee. Contudo, é percetível que as duas séries não têm nada em comum, principalmente no que respeita ao seu público alvo, sendo que o de HSMTMTS é suposto ser bastante mas bastante jovem. E esse acaba por ser o principal aspeto negativo. No início, a série é bastante agradável, mas os conflitos e dramas demasiado infantis, bem como o triângulo amoroso e as intrigas presentes, acabam por restringi-la a uma determinada faixa etária, mais baixa do que a nossa. Isto não quer, contudo, dizer que não seja uma boa série para passar o tempo ou um bom guilty pleasure, até porque as músicas são bastante boas.

Fonte: D23

High School Musical: The Musical: The Series” já conta com sete dos dez episódios da primeira temporada lançados, sendo que ainda não foi anunciada uma segunda temporada. No geral, esta é uma série que acaba por ser satisfatória, mas que tem de encontrar o seu próprio caminho e a sua própria história, sem estar constantemente a lembrar o público de que toda ela é uma referência a outra coisa – a que já assistimos vezes e vezes sem conta.

Curiosidade:

Deves estar a questionar-te: Então e o elenco original dos filmes não participa na série? Sim, participa. O sexto episódio “What team?”, conta com a participação da atriz Kaycee Stroh (que interpretava Martha), embora a sua presença tenha passado despercebida para muitos. Existem também rumores de que Lucas Grabeel, o ator que interpretava Ryan Evans, poderá participar na série.

Fonte: E!News

Artigo corrigido por Miguel Bravo Morais

Artigos recentes

Dicionário web-summitês-português

            A páginas tantas do Livro de Desassossego, Fernando Pessoa – ou Bernardo Soares, como preferirem – escreve, a respeito a língua portuguesa, a afirmação

Ler mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *