They´re almost all in this togheter

Há 13 anos, estreou o primeiro dos três filmes de High School Musical, sendo que o sucesso destes marcou a nossa infância e ainda hoje nos deixa nostálgicos. Uma equipa de basquetebol, um grupo de teatro, a carismática professora de teatro, as músicas e o romance entre os protagonistas Troy (Zac Efron) e Gabriella (Vanessa Hudgens) foram os principais fatores para o fenómeno High School Musical.

Fonte: Pinterest

Este ano, a Disney decidiu que era altura de seguir o lema da música “Start of Something New” e inovar. Assim, com o lançamento da plataforma digital Disney +, surgiu uma nova série musical inspirada nestes filmes. “High School Musical: The Musical: The Series” (HSMTMTS) estreou a 12 de novembro e é sobre um conjunto de estudantes que irá ensaiar uma peça de teatro inspirada no filme High School Musical. Isto porque a nova professora de teatro acha curioso que o liceu East High seja a escola onde o filme foi originalmente gravado.

Caixa de texto: Fonte: Pinterest
Fonte: Disney +

Olivia Rodrigo é a atriz principal e interpreta Nini, a rapariga que consegue o papel de protagonista na peça, graças à sua versão da música “Start of Something New”. Joshua Basset interpreta Ricky, o rapaz que não pertence ao grupo de teatro, mas que vai fazer a audição para ocupar o papel de Troy para tentar reconquistar Nini – que o largou após uma declaração pública de amor que não foi correspondida. EJ e Gina serão os “vilões” que vão fazer de tudo para ficar com os papéis principais na peça e para que Nini e Ricky não reatem o namoro. Por fim, destaca-se que o papel de Sharpay na peça será interpretado por um rapaz gay, sendo que a homossexualidade é um tema explorado na série.

Como é possível perceber, esta série não representa uma reinvenção do género musical, tendo sido muitas vezes comparada a uma outra série de sucesso: Glee. Contudo, é percetível que as duas séries não têm nada em comum, principalmente no que respeita ao seu público alvo, sendo que o de HSMTMTS é suposto ser bastante mas bastante jovem. E esse acaba por ser o principal aspeto negativo. No início, a série é bastante agradável, mas os conflitos e dramas demasiado infantis, bem como o triângulo amoroso e as intrigas presentes, acabam por restringi-la a uma determinada faixa etária, mais baixa do que a nossa. Isto não quer, contudo, dizer que não seja uma boa série para passar o tempo ou um bom guilty pleasure, até porque as músicas são bastante boas.

Fonte: D23

High School Musical: The Musical: The Series” já conta com sete dos dez episódios da primeira temporada lançados, sendo que ainda não foi anunciada uma segunda temporada. No geral, esta é uma série que acaba por ser satisfatória, mas que tem de encontrar o seu próprio caminho e a sua própria história, sem estar constantemente a lembrar o público de que toda ela é uma referência a outra coisa – a que já assistimos vezes e vezes sem conta.

Curiosidade:

Deves estar a questionar-te: Então e o elenco original dos filmes não participa na série? Sim, participa. O sexto episódio “What team?”, conta com a participação da atriz Kaycee Stroh (que interpretava Martha), embora a sua presença tenha passado despercebida para muitos. Existem também rumores de que Lucas Grabeel, o ator que interpretava Ryan Evans, poderá participar na série.

Fonte: E!News

Artigo corrigido por Miguel Bravo Morais

Artigos recentes

Era uma vez

Versão em forma de tributo de uma Hollywood em transição da sua fase clássica para uma nova era mais escura. O “nono” de Tarantino não

Ler mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *