• Grande Entrevista

    Pedro Coelho: “Às vezes sinto que o trabalho que faço é um pouco inglório e ainda assim não deixo de o fazer”

    O jornalista da SIC consegue meter o país a falar das suas reportagens com muita facilidade. Foi assim com “Depois da Fraude”, reportagem sobre descalabro do BPN que lhe valeu o prémio Gazeta de Televisão em 2015, e com o “Assalto ao Castelo”, trabalho acerca da queda do império Espírito Santo lançado em março. Pedro Coelho, que também é professor na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, recebeu-nos para falar do estado atual do jornalismo no nosso país. O jornalismo de sensações que se pratica hoje em dia incomoda-o? Incomoda-me muito, confesso-lhe. Lá está outra vez a pressão do mercado e das audiências a falar…

  • Made In ESCS,  Secções

    PARCERIA ESCS FM/ESCS MAGAZINE: Nuno Matos faz o balanço do ano desportivo de 2016

    No passado dia 23 de dezembro, André Maia e João Correia estiveram à conversa com Nuno Matos, jornalista da RTP-Antena 1, que acompanhou e relatou os maiores acontecimentos da esfera futebolística e desportiva ao longo do último ano. A parceria entre a ESCS FM e a ESCS MAGAZINE deu origem a esta entrevista que faz parte da panóplia de reportagens realizadas para celebrar os acontecimentos do ano de 2016. A gloriosa vitória lusitana no campeonato europeu de futebol foi o primeiro tema abordado. Nuno, revelou as suas opiniões na temática, salientando a enorme importância que o selecionador Fernando Santos teve na conquista do euro 2016, nomeadamente na criação de um…

  • Literatura

    Betrayal: quando uma equipa apontou os holofotes na direção acertada

    A pedofilia na arquidiocese de Boston chegou ao grande ecrã através do filme Spotlight, em 2015. Talvez seja mais acertado dizer que este flagelo foi publicado nas páginas do The Boston Globe em 2002. No entanto, a maior parte das pessoas desconhece Betrayal: The Crisis In The Catholic Church, o livro que sintetiza esta investigação jornalística realizada com rigor e que ganhou o Prémio Pulitzer de Serviço Público em 2003. O livro supracitado, escrito pelos repórteres Matt Carroll, Kevin Cullen, Thomas Farragher, Stephen Kurkjian, Michael Paulson, Sacha Pfeiffer, Michael Rezendes e pelo antigo editor da equipa Spotlight, Walter V. Robinson, resume as descobertas desconcertantes realizadas. Betrayal encontra-se dividido nos capítulos…

  • Atualidade,  Informação

    Morreu o provedor do telespectador da RTP Jaime Fernandes

    Jaime Fernandes, o provedor do telespectador da RTP, morreu na tarde desta quinta-feira, 27 de outubro, aos 69 anos. O jornalista e locutor envolveu-se sobretudo com o crescimento e desenvolvimento da rádio em Portugal. O jornalista e locutor de rádio Jaime Fernandes morreu esta quinta-feira – uma informação avançada pela RTP, canal onde exercia o cargo de provedor do telespectador desde 2013, depois de suceder a José Carlos Abrantes. Apresentava o programa “A Voz do Cidadão”, transmitido aos sábados na RTP1. Deixou a sua grande marca na história da rádio portuguesa. Iniciou a sua carreira no Rádio Clube Português. Foi durante vários anos jornalista e locutor da Emissora Nacional, tendo…

  • Atualidade,  Informação

    Jornalista condenado a pena de prisão por espionagem

    A condenação de Jason Rezaian, jornalista do The Washington Post, foi hoje confirmada pela justiça iraniana. O jornalista irano-norte-americano Jason Rezaian foi detido em Teerão, no Irão, a 22 de julho de 2014, juntamente com a sua mulher e dois amigos, tendo os últimos três sido libertados umas semanas depois. Apenas Rezaian passou mais de dez meses na prisão e foi acusado pelo Ministério Público de espionagem por ter juntado informação sobre temas de “política interna e externa” iraniana e ter fornecido a “pessoas indevidas”, sendo também acusado de “cooperar com estados hostis” e “emitir propaganda contra a República Islâmica”. A direção do The Washington Post afirma que não há…

  • Literatura,  Secções

    Desenhador de Palavras: Dinis Machado

    Fumava muito. Fumava tanto que morreu de cancro do pulmão. Estávamos no ano de 2008. Dinis Machado nasceu a 21 de março de 1930. Cresceu e viveu no Bairro Alto até casar, em 1963. Frequentou o Curso Geral do Comércio, mas nunca o terminou. Depois trabalhou na Federação das Caixas de Previdência, onde conheceu Eugénio de Andrade, que se tornaria seu amigo e que seria uma grande influência nos seus hábitos de leitura. Antes de ser escritor, era jornalista. Trabalhou durante 20 anos como jornalista desportivo em várias publicações: no Record, no Norte Desportivo, no Diário Ilustrado e no Diário de Lisboa. Entre 1968 e 1979 foi, ainda, chefe de…

  • Sem Categoria

    Da Rádio… com Amor

    Uma voz inconfundível – e uma inconfundível capacidade para cativar quem o ouve e quem com ele aprende – são, provavelmente, duas das principais características que saltam à vista em Francisco Sena Santos. Jornalista, professor e profissional da rádio, é amante de viagens e dedicado a 100% àquilo que lhe dá mais gosto fazer: ensinar e ver florescer novos talentos. E muitos dos futuros profissionais da nova geração podem já lhe ter passado pelas mãos. Antes de chegar ao Microfone O estúdio de rádio, onde acabou de dar a aula de Ateliê de Jornalismo Radiofónico a uma turma do 2º ano de Jornalismo, foi o local escolhido para ceder esta…

  • Informação

    Prémio Pulitzer entregue a jornalista que teve de deixar profissão

    Rob Kuznia é o ex-jornalista de quem mais se tem falado nos últimos dias. Ganhou um dos mais conceituados prémios jornalísticos internacionais, mas teve de deixar o jornalismo no ano passado. Este ano foi premiado com o Pulitzer na categoria de Reportagem Local, uma das cerca de 20 categorias que o prémio norte-americano contempla. O premiado e agora relações públicas de uma empresa chamada Shoah Foundation deixou o lugar de jornalista no jornal Daily Breeze atraído pelo aumento salarial. É que o que ganhava enquanto redactor não chegava para tudo ao final do mês. Além de querer evitar dificuldades económicas, Rob Kuznia desviou-se também de uma profissão que aos 40…