• Capital,  Secções

    Seis lojas invulgares em Lisboa a.k.a Guia para não voltar a oferecer prendas aborrecidas

    Já não há volta a dar: o Natal está à porta. E com ele, a terrível lista de prendas para oferecer. É fácil cair na rotina de oferecer o mesmo de sempre; assim, arranjámos seis lojas diferentes em Lisboa, para não caíres na tentação de voltar a dar um par de meias aos teus primos. Mona Em primeiro lugar temos a Mona. Situada na rua das Janelas Verdes em Santos-o-velho, esta loja apresenta conceitos originais que têm por base objetos comuns. Difícil de perceber? Tudo começou quando os seus donos visitavam lojas de museus e gostaram da ideia: objetos com design mas funcionalidade. A loja funciona também como uma galeria…

  • Opinião,  Secções

    E quando o amor tem preço?

    Olá para ti que estás desse lado do vidro. Desculpa-me a indelicadeza de não me levantar, mas estou sem vontade. Sei que devia estar a fazer gracinhas. Tu ias rir-te e simpatizarias logo comigo. Depois, como todos os outros antes de ti, passarias por aquela porta e virias ver-me através deste outro vidro. Eu sempre deste lado, tu sempre do outro. Feito tonto, eu tentaria agradar-te ainda mais. Tu ias sorrir-me e chamar-me “fofinho”, “coisa fofa”, ou algo do género. Então, dirigir-te-ias à rapariga que está agora atrás do balcão, e que tem sido a minha única amiga desde há muito tempo, e perguntar-lhe-ias meia dúzia de coisas que eu…

  • Opinião

    Comprar online

    Actualmente, qual é o elo entre o consumidor e o acto de consumir? A resposta é simples: o online. A Internet revolucionou inúmeros sectores da sociedade e o das transacções comerciais não é excepção. No entanto, as compras online sempre foram olhadas de soslaio. Regra geral, o consumidor tradicional desconfia do comércio online. Acima de tudo, paira no ar o medo de que o seu dinheiro seja roubado por um pirata cibernético sem escrúpulos. Mas, como é óbvio, existe o reverso da medalha: os fãs dos cestos de compras virtuais. Para estes novos consumidores, já é um hábito comum passar a pente fino sites como o eBay com o intuito…

  • Informação

    Lisboa: lojas sociais são cada vez mais uma opção

    Em Lisboa há vinte e seis lojas sociais, cujo objetivo é dar resposta às necessidades das pessoas mais carenciadas. A partilha e troca de bens, como roupas e calçado, é uma realidade que tem vindo a aumentar. A procura destas lojas surge associada à crise que o país está a passar. João Afonso, vereador dos Direitos Sociais na Câmara de Lisboa, disse à Lusa que “As pessoas começam a ter consciência de que aquilo de que já não precisam pode ter utilidade para outras pessoas, mas também há muitas pessoas que começam a pensar que talvez não valha a pena comprar; talvez seja melhor trocar e ir buscar bens que…