• Opinião

    Popular ou populismo?

    Cristina Ferreira não é só uma apresentadora de televisão, não é só uma empresária de sucesso, não é só uma cara bonita que lidera audiências. É, sobretudo, o rosto da ascensão social portuguesa. No tempo dos meus avós, uma rapariga da Malveira estaria sempre condenada a ser a saloia que vinha à cidade vender couves ou servir nas casas mais ricas. Mas, Cristina Ferreira, hoje uma mulher de sucesso, que influencia diariamente centenas de milhares de espectadores, que vende roupa aos milhares, não teria, não há muitas décadas, outra coisa que fazer que não passasse por servir, nem outra coisa que vestir que não uma saia remendada e um avental…

  • Atualidade

    Síntese do mês de maio

    Mudança de género aos 16 anos vetada por Marcelo Rebelo de Sousa O diploma tinha sido aprovado no passado dia 13 de abril, na Assembleia da República, e consagra a autodeterminação da identidade. O Presidente da República vetou o documento alegando a necessidade da assembleia esclarecer determinados pontos como a obrigatoriedade de um relatório médico prévio à decisão da mudança de sexo. Marcelo Rebelo de Sousa reforçou a necessidade de um debate mais amplo que envolva também a comunidade médica. A deputada do PS, Isabel Moreira, admite que uma alteração da lei pode ser feita mas não vai necessariamente de encontro ao pedido do Presidente da República. Com a aprovação…

  • Atualidade

    Debate sobre a eutanásia divide Portugal

    Os diplomas sobre a prática da eutanásia vão a debate e a votos na Assembleia da República na terça-feira, dia 29. Várias figuras da política e da sociedade já se mostraram a favor e contra esta prática. O debate sobre a morte digna continua. PS, PAN, Bloco de Esquerda e Verdes já apresentaram cada um os seus projetos de lei sobre a eutanásia entre fevereiro de 2017 e abril deste ano. António Costa, atual primeiro-ministro e líder socialista, afirma que a legalização da eutanásia é uma maneira de “alargar a liberdade dos cidadãos”. Outras personalidades, como Pedro Passos Coelho, são contra a legalização da eutanásia. Num artigo de opinião publicado…

  • Atualidade

    Costa demite-se se o Orçamento de Estado não for aprovado

    Primeiro-Ministro garante que sem o orçamento de 2019 não tem condições para se manter no cargo e coloca pressão sobre a esquerda. Líder Socialista aproveitou para elogiar geringonça e garante que acordo  é para manter negando a vontade de um bloco central com o PSD. Para António Costa “equipa que ganha não se mexe”, o primeiro-ministro aproveitou o uso de uma fórmula do vernáculo futebolístico para garantir que o acordo à esquerda é essencial, segundo o mesmo, para o “sucesso do país”. Numa entrevista ao Diário de Notícias, o líder do partido Socialista indicou que sem a aprovação do orçamento de estado de 2019 não há condições para continuar à…

  • Atualidade

    Mudança de género aos 16 anos vetada pelo Presidente da República

    O Presidente da República votou a mudança de género aos 16 anos. O diploma, já aprovado pela Assembleia da República no dia 13 de abril, consagra o direito à autodeterminação da identidade e da expressão de género. A decisão foi comunicada através de uma nota publicada no portal da Presidência da República, na Internet, na noite da passada quarta-feira. A decisão do Presidente da República foi de devolver, sem promulgação, o diploma à Assembleia da República. A proposta vetada, do Governo e de projetos do BE e PAN, permitia a mudança de género e nome próprio no registo civil a partir dos 16 anos, mediante requerimento e sem necessidade de…

  • Atualidade

    Marcelo Rebelo de Sousa apela ao “bom senso” quanto ao Orçamento de Estado

    O Presidente da República coloca a hipótese de eleições antecipadas se o Orçamento de Estado não for aprovado. Numa entrevista ao Público afirmou que o orçamento “é fundamental para o país”. As negociações do Orçamento de Estado para 2019 decorrem e Marcelo Rebelo de Sousa diz que este tem de ser aprovado. Esta negociação é “mais complexa”, mas a prioridade de Marcelo é que a legislatura seja cumprida. A aprovação deste Orçamento pode vir tanto da esquerda como do PSD. Este último caso o Presidente não comenta, mas deixa uma oportunidade para o líder do PSD responder. O próximo ano é de eleições e a falta de um orçamento obrigaria…

  • Atualidade

    Previsões mais positivas para o crescimento da economia portuguesa

    A comissão europeia aponta para a melhoria do crescimento da economia portuguesa. As previsões de primavera divulgadas na manhã desta quinta-feira apontaram ainda assim para uma desaceleração do défice no próximo ano, com valores que se estimam ser superiores aos de Mário Centeno. A comissão europeia divulgou hoje as previsões atualizadas em relação às transmitidas no inverno. As diferenças apontam para uma melhoria do crescimento da economia de 2,2% para 2,3% este ano e de 1,9% para 2% em 2019. É uma revisão em alta da economia portuguesa apesar, de a comissão europeia estar menos otimista do que o governo. Este crescimento previsto deve-se ao aumento das exportações e do…

  • Atualidade

    Programa de Estabilidade cria tensão na geringonça

    Em causa está a meta do défice de 0,7% para 2018 defendida pelo governo. Bloco de Esquerda pretende o défice nos 1,1% e quer o reforço do investimento público. Documento é debatido a 24 de abril na Assembleia da República. A intenção do ministro das finanças, Mário Centeno, em cumprir as metas orçamentais exigidas pela Comissão Europeia, presentes no tratado orçamental (que o BE e o PCP sempre recusaram, mas com que o PS se comprometeu) gerou um claro desconforto na maioria parlamentar de esquerda que suporta o executivo de António Costa. Em causa está a regra que implica uma redução anual no défice de 0,25% do PIB (produto interno…

  • Atualidade,  Sem Categoria

    Síntese do mês de março

    Limpeza das florestas: Governo adiou até junho a aplicação de multas O executivo de António Costa decidiu adiar a aplicação de coimas de forma a dar um prazo mais alargado para que proprietários de terrenos possam fazer uma limpeza melhor. A medida já tinha sido pedida pelo presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa. Em causa está a tentativa do governo de minorar os efeitos de possíveis incêndios florestais este verão ― recorde-se que em 2017 mais de 100 pessoas morreram em consequência de vários incêndios florestais. Segundo um relatório encomendado pelo governo, a falta de uma limpeza correta dos terrenos é uma das principais causas de incêndios em Portugal.…

  • Opinião

    A 4 Mãos: O que fica de 2017?

        Marcos Melo (MM): 2017 está a dar as últimas. 2018 esgueira-se, ao virar da esquina. Foram doze meses recheados de acontecimentos — uns mais mediáticos e outros mais discretos. Nestas lides dos media, é um habitué fazer-se a revista do ano. Por razões compreensíveis, todos os órgãos de comunicação social debruçam-se sobre os mesmos assuntos — e, provavelmente, nós fá-lo-emos, também. Neste artigo, proponho respondermos à pergunta: quando pensas em 2017, de que te recordas? Contudo, não somos obrigados a mencionar o óbvio (podemos ou não fazê-lo).  Assim sendo: Maria, sob o teu olhar, o que marcou 2017?   Maria Moreira Rato (MMR): O acontecimento que surge na…