• 7ª Arte

    “The Breadwinner” – Uma guerra de emoções

    Num ano em que as regras para as nomeações de filmes animados para os Óscares foram alteradas, abrindo a votação para toda a academia, o que levou à entrada de filmes medianos como The Boss Baby e Ferdinand, “The Breadwinner” é o filme animado que se agradece por não ter sido arrastado para o lado com esta mudança de regra. “The Breadwinner” relata a história de uma menina afegã chamada Parvana, que, após ter o seu pai preso, decide fingir ser um rapaz de forma a poder sustentar a sua família. O filme, ao mesmo tempo que honra a história do Afeganistão e as suas raízes no Médio Oriente, lembrando-nos…

  • 7ª Arte

    A Forma da Água: gostei, mas não adorei

    Realizado por Guillermo del Toro, a mente por detrás de O Labirinto do Fauno, e contando com um elenco fenomenal que inclui nomes como Sally Hawkins, Michael Shannon, Richard Jenkins e Octavia Spencer, A Forma da Água é um dos grandes frontrunners para os Óscares, com 13 nomeações (o mais nomeado este ano). A Forma da Água conta a história de Elisa (Sally Hawkins), uma mulher das limpezas muda que cria uma conexão especial com um homem anfíbio, mantido cativo pelo governo americano, durante o decorrer da Guerra Fria. O filme tem tudo para ser louvado sem fim: uma cenografia fenomenal e tão única que, sem qualquer esforço, nos delicia…

  • 7ª Arte

    Mudbound (2017): A América de 40

    Os Óscares estão à porta e com eles chegam as nomeações. Muitos dos filmes nomeados já enchem as salas de cinema portuguesas em janeiro. Entre eles encontra-se Mudbound – As Lamas do Mississipi, que, no passado dia 18, estreou em Portugal. O filme foi nomeado para os Óscares em quatro categorias. Hoje trazemos-te a nossa análise. Mudbound – As Lamas do Mississipi passa-se durante os anos 40 nos Estados Unidos e retrata a vida de duas famílias (uma afro-americana e uma caucasiana), nos campos rurais do Mississipi. O enredo cai sobre a amizade proibida entre dois homens, depois de ambos regressarem da guerra. A narrativa aborda temáticas como a 2.º…

  • 7ª Arte

    Dunkirk: A obra-prima de Christopher Nolan

    Este não é mais um filme de guerra. Christopher Nolan provou, mais uma vez, ser um dos melhores realizadores de Hollywood. Em plena Segunda Guerra Mundial, belgas, franceses e ingleses estão rodeados pelo exército alemão na praia da região de Dunquerque. A sua única hipótese de sobrevivência são os cidadãos, que, com os seus barcos pessoais, conseguiriam salvar os soldados. De filmes surpreendentes sobre super-heróis, como O Cavaleiro das Trevas, a labirínticos enredos do espaço, como Interstellar, Christopher Nolan traz com este filme uma história de guerra não convencional. Não importa o background das personagens, apenas o aqui e o agora. O filme não segue a típica linha narrativa à…

  • 7ª Arte,  Secções

    O Esplendoroso Iñárritu

    Foi preciso esperar mais de 60 anos para que um realizador voltasse a levar para casa a estatueta da Academia por um segundo ano consecutivo. Em 2016, na 88.ª edição dos Óscares, Alejandro González Iñárritu foi o homem responsável por esse feito, com um notável trabalho em The Revenant, repetindo a galardoação que já havia conquistado em 2015 com Birdman. Nascido a 15 de agosto de 1963, na Cidade do México, Iñárritu não teve uma juventude fácil. Foi expulso da escola antes dos 16 anos e logo de seguida decidiu trabalhar como marinheiro para se poder sustentar. Contudo, apesar das circunstâncias que levaram o realizador a optar por este emprego,…

  • 7ª Arte,  Secções

    Cerimónia de Entrega dos Óscares 2016

    A 88.ª edição dos Óscares celebrou os melhores entre os melhores, mas acima de tudo foi o culminar de um ano fantástico para a sétima arte. A polémica que surgiu por não existir um único ator negro entre os 20 nomeados marcou a cerimónia, mas acabou por não a manchar. Foi a segunda vez que Chris Rock apresentou os Óscares (já o tinha feito em 2005) e fê-lo de forma brilhante. Desde o primeiro momento que se tornou claro que o anfitrião não iria ignorar a polémica. Esta tornou-se o ponto central do seu trabalho. No meio de momentos humorísticos fantásticos e de sketches que parodiavam toda a situação, Rock…

  • Atualidade,  Informação

    As categorias são vinte e cinco, os nomeados são cinco vezes mais.

    Los Angeles foi palco de nomeações esta quinta-feira. Não foram umas nomeações quaisquer, foram as nomeações para os Globos de Ouro de 2016. Curiosos? Nesta que vai ser a septuagésima terceira edição dos Globos de Ouro, surpresas não vão faltar. Afinal, Lady Gaga está nomeada para melhor atriz na categoria mini série, devido ao seu desempenho em American Horror Story: Hotel. Será a 10 de janeiro que os prémios serão revelados pelo humorista britânico Ricky Gervais. Os prémios atribuídos pela Associação de Imprensa Estrangeira, em Hollywood, são os mais importantes a contribuir para a verdadeira grande meta, os Óscares. As categorias são vinte e cinco, os nomeados são cinco vezes…

  • 7ª Arte,  Secções

    “Perfume de Mulher” (1993): entre a cegueira física e a cegueira social

    Apesar de terem como objetivo premiar os melhores dos melhores da indústria cinematográfica, os Óscares da academia parecem por vezes teimar em “fugir” de alguns nomes sonantes do grande ecrã. Um desses exemplos é Al Pacino, um dos nomes mais conhecidos da sétima arte, que apesar de ter sido nomeado para os Óscares oito vezes, só em 1993 alcançou o tão ambicionado (e merecido) galardão. “Perfume de Mulher” foi o filme que lhe permitiu granjear tal reconhecimento e é acerca deste que vou escrever. Realizado por Martin Brest, o filme tem como protagonistas Al Pacino, Chris O’Donnell e o elenco conta ainda com nomes como Philip Seymour Hoffman ou James…

  • Opinião

    “Stay Weird. Stay Different.”

    Como todos devem saber, o fim-de-semana passado ficou marcado pela 87.ª cerimónia de entrega dos prémios Óscares da Academia. As mais prestigiadas estatuetas da 7.ª arte marcam sempre pela comédia, o glamour e a emoção. No entanto, este ano teve algo mais… A controvérsia decidiu, mais uma vez (todos nos lembramos de Seth Macfarlane e sua música “I saw your boobs”), intrometer-se. Entrou cedo, logo antes da cerimónia, quando se ficaram a conhecer os nomeados. Para espanto de todos — ou não —, não havia nomeados negros (porque não posso dizer pretos) para os mais importantes prémios, digamos, individuais: melhor realizador e melhor actor e actriz principal e secundário. Até…

  • Informação

    Óscares 2015 – a 87.ª edição é já hoje

    A passadeira vermelha já está estendida, já está dado o lustre às estatuetas douradas e as tão aguardadas respostas já se encontram dentro dos envelopes. Hoje, todas as atenções se viram para o Dolby Theatre, em Hollywood, para a 87.ª edição da cerimónia dos Óscares. A noite mais aguardada no mundo da Sétima Arte está prestes a começar. O espectáculo envolve muito mais do que a atribuição das estatuetas. É a noite para a qual todas as estrelas se preparam, desde o  envergar na ‘red carpet’ ao tão preparado discurso, naquele que será um momento único na sua carreira. A preparação passa também pela escolha daquele que irá comandar tamanho…