• Atualidade

    Síntese do mês de abril

    Fim da Era Castrista em Cuba Aos 86 anos, Raúl Castro retirou-se da presidência de Cuba, no dia 19 de abril. Depois de 12 anos no poder – depois de suceder ao irmão Fidel, que estava no poder desde 1959, Raúl Castro é substituído por Miguel Díaz-Canel – número dois do governo desde 2013. Pela primeira vez em décadas, o presidente não é um membro histórico da revolução de 1959 nem será o líder do Partido Comunista de Cuba (PCC) – único autorizado a existir na ilha. Raúl Castro vai manter-se na liderança do PCC até 2021.   Coreia do Norte e Coreia do Sul assinam Declaração de Paz Em…

  • Atualidade

    Estados Unidos preparados para atacar a Síria novamente

    A embaixadora americana da ONU confessou que os Estados Unidos poderão atacar novamente a Síria, caso seja necessário. Após o ataque de mísseis ordenado pelo presidente dos Estados Unidos, a embaixadora dos EUA, Nikki Haley, numa reunião de emergência do Conselho de Segurança da ONU, não descarta a possibilidade de se suceder outro ataque . “Estamos prontos para fazer mais, mas esperemos que não seja necessário”, afirmou. O ataque americano da passada sexta-feira ocorreu na base aérea das forças sírias, em Homs, e pretendia destruir o arsenal do exército de Bashar al-Assad, como consequência do ataque do seu governo com armas químicas, que matou mais de oitenta civis, incluindo dezenas…

  • Atualidade

    58 mortes em ataque com gás tóxico na Síria

    O ataque aéreo, que envolveu gás tóxico, ocorreu esta terça feira, na província de Idleb e, até agora, há 58 mortes e dezenas de feridos. O Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH) afirmou que os feridos apresentavam sintomas de asfixia, vómitos e dificuldades em respirar e o Conselho Local acrescentou, na rede social facebook, que as bombas termobáricas continham gás cloro e gás sarin. Grande parte da província de Idleb está sob controlo de militares rebeldes e islâmicos, entre eles o Organismo de Libertação do Levante – aliança criada em torno da ex-filial síria da Al Qaeda. Entretanto, a Organização para a Proibição das Armas Químicas (OPAQ) divulgou um comunicado onde demonstrou…

  • Atualidade,  Informação

    Rússia nega acusações de bombardeamento a civis

    A discussão deu-se no encontro do Grupo Internacional de Apoio à Síria, em Munique. Fonte: sapo.io Apesar de o governo russo afirmar que a maioria dos bombardeamentos tem atingido grupos legítimos da oposição, o país tem sido acusado de atacar cidadãos sírios. A Rússia está a ser acusada de atingir civis em bombardeamentos levados a cabo na Síria. A declaração foi feita no encontro do Grupo Internacional de Apoio à Síria em Munique, na Alemanha, pelo primeiro-ministro francês, Manuel Valls. Já o homólogo russo, Dmitri Medvedev, face a estas acusações, afirmou: “a Rússia não tem objetivos secretos que vão para além daquilo que já afirmámos. Estamos a lutar porque muitas…

  • Atualidade,  Informação

    Secretário de Estado dos EUA anuncia o cessar-fogo na Síria já na próxima semana

    A comunidade internacional chegou a um entendimento e a guerra na Síria poderá ter um fim próximo à vista. À cabeça estão os Estados Unidos e a Rússia que ambicionam terminar uma guerra que já matou mais de 10% da população síria. A madrugada de quinta para sexta-feira foi decisiva para a conclusão do acordo entre as principais potências da comunidade internacional para uma “cessação de hostilidades” na Síria e uma progressiva ajuda humanitária por diversas cidades do país. “Acordámos uma cessação das hostilidades em todo o país no prazo de uma semana”, disse o secretário de Estado norte-americano, John Kerry, durante a conferência de imprensa. Uma solução que agrada…

  • Atualidade,  Informação

    Liga Árabe manifesta “solidariedade” para com a Arábia Saudita face ao Irão

    A Liga Árabe condenou as “declarações hostis iranianas”, manifestando apoio à Arábia Saudita neste confronto diplomático com o Irão. De acordo com a ONU, esta crise não terá implicações na situação na Síria. A organização que une vários países árabes emitiu, hoje, um comunicado onde expressa a sua “solidariedade total” para com a Arábia Saudita face aos “atos e provocações hostis do Irão”. O enviado especial da ONU refere que esta crise diplomática entre os dois países não irá, no entanto, ter implicações nas negociações sobre a situação na Síria, dado que tanto o ministro das Relações Exteriores saudita como o iraniano lhe garantiram que “não haveria impacto do seu…

  • Atualidade,  Informação

    Conselho de Segurança da ONU aprova negociações de paz para a guerra na Síria

    Na noite passada, os membros do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas aprovaram unanimemente uma resolução que define qual o roteiro que as potências internacionais devem seguir para se implementar a paz na Síria. Nesta resolução, ficou decretado que a ONU tem de apresentar ao Conselho de Segurança diversas propostas que permitam a monitorização de um cessar-fogo dentro do espaço de um mês. Este documento aprovou ainda o calendário que fora previamente aprovado num plano negociado em Viena, que visava início de negociações entre o Governo Bashar Al-Assad e a oposição. Este calendário de dois anos procura estabelecer um Governo de unidade nacional e convocar eleições. A resolução…

  • Opinião,  Secções

    Se eu te matar, tu não me matas a mim

    Ne tuez pas la personne humaine, car Allah l’a declarée sacrée. (Coran, VI, 151.) Acordas. Abres devagar os olhos – um de cada vez porque estás cansado. Olhas para o teto do teu quarto, que se ilumina com o sol que vai rompendo pela janela. Estás confortável. A cama quente, os lençóis fofos. Pegas no telefone e confirmas as horas. Ainda tens tempo. Sem querer, abres a câmara frontal e encontras-te. Foi dura a noite. A vida, porém, vai sorrindo no teu próprio sorriso que desenhas, no escuro matinal que te cega as vistas (porque a mais suave das luzes sempre se assemelha ao holofote de um helicóptero policial quando…

  • Atualidade,  Informação

    França acusada de combater e apoiar o terrorismo

    O Presidente da Síria considera-se um defensor do antiterrorismo e acusa França de ter duas faces diferentes relativamente ao terrorismo. A França foi formalmente acusada pelo Presidente sírio, Bashar al-Assad, de preservar uma “amizade” com a Arábia Saudita e com o Qatar. Desta forma, prevalece as duas faces da França ao apoiar e combater o terrorismo por parte dos jihadistas. Todas estas declarações têm como fonte uma entrevista concebida ao seminário francês Valeurs Actuelles, no sábado, mas apenas divulgada ontem, 19 de Novembro de 2015. Segundo o Presidente sírio, a França deveria alterar a sua política ao “fazer parte de uma aliança que luta contra o terrorismo e não de…

  • Opinião,  Secções

    Seremos mesmo racionais?

    O tema dos refugiados fez correr bastante tinta nas últimas semanas, sobretudo depois da fotografia de um pequeno rapaz morto numa praia na Turquia. Contudo, é com esse propósito que escrevo este artigo. Penso que falta ainda esclarecer a grande maioria das pessoas sobre o que realmente se passa na Síria. Permitam-me que recue um pouco no tempo para contextualizar toda esta situação. A Primavera Árabe, que começou em 2011, fez com que uma grande parte de regimes totalitários do Médio Oriente caíssem e dessem lugar a democracias. Contudo, o caso sírio foi diferente. A família Al-Assad, que governa o país desde os anos 60, resistiu e provocou uma violenta…