• Opinião

    Revisitando Donald Trump

    Este artigo é escrito ao abrigo do novo acordo ortográfico Está na altura de voltarmos a falar do político mais interessante do mundo. Não, não é o Tino de Rans, se bem que este oferece uma concorrência apertada. Estou a falar do nosso querido amigo Donaltim! Aquele que nos faz ter saudades do George W. Bush, sabem? E então, por onde tem andado o nosso amado Donald Trump? Sem ser, é claro, pelo número recordista de viagens a campos de golfe. Um aparte: peço-vos para visitarem o site www.trumpgolfcount.com. É uma deliciosa dissecação dos dispêndios públicos daquele que é o hobby principal deste Presidente. Antes de mais temos o saboroso…

  • Atualidade

    Mike Pompeo confirmado como novo secretário de estado norte-americano

    Antigo diretor da CIA foi aprovado pelo senado dos EUA. Apoio do congresso à nomeação é um dos mais baixos de sempre. Pompeo aproveitou para reforçar que aliados da NATO têm de aumentar gastos com a defesa. Foram 57 votos a favor e 42 contra, que permitiram a Mike Pompeo ser empossado como novo secretário de estado americano. O resultado de Pompeo é o segundo pior obtido nos últimos 50 anos por um candidato a secretário de Estado – um recorde alcançado pelo seu antecessor, Rex Tillerson, que foi confirmado em fevereiro de 2017 com 56 votos a favor e 43 contra. Tillerson tinha sido demitido por Trump em Março.…

  • Opinião

    O Tetris de Trump

    Este artigo é escrito ao abrigo do novo acordo ortográfico O Rock ‘n’ Roll é a música do diabo, já diziam os antigos. Já o Dungeons and Dragons, apesar de parecer um jogo de tabuleiro para adolescentes virgens falhados (classe onde eu me incluía à época), é na realidade um ritual de invocação “Beelzebuziano” que leva à promiscuidade sexual e ao vampirismo (recomendo vivamente a visualização da obra prima cinematográfica Dark Dungeons para sentirem o “perigo” na 1ª pessoa) Voltamos ao velho/novo debate acerca da influência que os videojogos violentos têm no comportamento dos jovens. O amigo Donald reuniu-se com várias pessoas influentes no mundo do entretenimento videojogável, incluindo CEOs…

  • Opinião

    A segunda emenda

    Este artigo é escrito ao abrigo do novo acordo ortográfico O Donald Trump não é boa rês. Noutras notícias o céu é azul, a relva é verde e o Sócrates não é engenheiro. Os comentários do Presidente aquando o tiroteio na escola da Florida geraram alguma polémica, ao que parece. Trump gostava de que os docentes passassem a estar armados, como resposta ao incidente. Estou de acordo com o magnata – quando o Menino Tonecas disparar bolas de cuspo por uma palhinha contra um professor, que outro recurso que não a execução imediata pode existir? Esta obsessão americana pelas armas de fogo é velha como tudo e nasce basicamente de…

  • Atualidade

    Donald Trump disse, mesmo, países de mer!@#

    O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, referiu-se ao Haiti e aos outros países africanos como sendo estes “países merdosos”- durante uma reunião. Já foi criticado pelo governo do Haiti e por um membro da oposição. Na passada quinta-feira (dia 11), discutia-se o assunto que teve na génese do debate a hipótese de restaurar projetos com o fim de ajudar os imigrantes haitianos e de origem africana. El Salvador e os países africanos poderão fazer parte de um projeto que resultará num acordo de imigração bipartidária. Como diz o jornal britânico “The Independent”, Trump mostrou-se “frustrado” com a hipótese da vinda de africanos e haitianos para os Estados Unidos –…

  • Opinião

    A 4 Mãos: O que fica de 2017?

        Marcos Melo (MM): 2017 está a dar as últimas. 2018 esgueira-se, ao virar da esquina. Foram doze meses recheados de acontecimentos — uns mais mediáticos e outros mais discretos. Nestas lides dos media, é um habitué fazer-se a revista do ano. Por razões compreensíveis, todos os órgãos de comunicação social debruçam-se sobre os mesmos assuntos — e, provavelmente, nós fá-lo-emos, também. Neste artigo, proponho respondermos à pergunta: quando pensas em 2017, de que te recordas? Contudo, não somos obrigados a mencionar o óbvio (podemos ou não fazê-lo).  Assim sendo: Maria, sob o teu olhar, o que marcou 2017?   Maria Moreira Rato (MMR): O acontecimento que surge na…

  • Atualidade

    Democratas pedem destituição de Trump

    Obstrução à justiça é um dos crimes pelos quais seis democratas pedem o impeachment de Trump “Resolução. Destitui-se Donald J. Trump, presidente dos Estados Unidos, por crimes graves e pequenos delitos.” Este é o início do documento que quatro representantes democratas apresentaram no Congresso para a destituição de Donald Trump da presidência dos Estados Unidos. Numa jogada pouco mais do que simbólica, uma vez que os republicanos têm a maioria na Câmara dos Representantes e no Senado, Steve Cohen (Tennessee), Luis V. Gutierrez (Illinois), Al Green (Texas) e Adriano Espaillat (Nova Iorque) apresentaram a sua decisão em conferência de imprensa, e contaram com o apoio de Marcia Fudge (Ohio) e…

  • Opinião

    Não é só meter uma cruzinha

    No passado dia 1 de outubro, votei pela primeira vez na condição de cidadão deste país à beira-mar espojado, à espera de que um tsunami o livre deste triste fado. Já tinha votado na condição de cidadão sportinguista e, apesar de ter ficado um pouco pretensioso na altura, não se compara à força do sentimento no momento do meu voto nestas autárquicas.  Meter aquelas cruzinhas fez com que eu pensasse ter, por algumas horas, um doutoramento em Ciências Políticas: “Claro que candidato x obteve x por cento dos votos; então ele não fez isto, aquilo e aqueloutro? Por isso é que blá blá blá”, afirmo, apaixonadamente, enquanto são divulgados os…

  • Atualidade

    EUA abandonam a UNESCO

    Ultimamente, os EUA têm vindo a acusar a ONU de levar a cabo uma conduta anti-israelita devido aos acontecimentos mais recentes relativos à Palestina. Tais factos levaram os Estados Unidos a anunciar esta quinta-feira, dia 12 de outubro, a sua saída da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO): “Esta decisão não foi tomada de ânimo leve e reflete as preocupações dos EUA com os atrasos crescentes na UNESCO, com a necessidade de uma reforma fundamental da organização e com o permanente preconceito anti-Israel”. A saída irá concretizar-se a 31 de dezembro de 2018, mas pode ler-se em comunicado que os Estados Unidos pretendem…

  • Atualidade

    Kim Jong-un promove a irmã e dá mais poder a dois responsáveis pelo programa nuclear nacional

    Kim Jong-un, líder da Coreia do Norte, promoveu três novos membros do politburo. A Coreia do Sul já veio afirmar que esta decisão é consequência do crescente isolamento do país face ao mundo. Kim Yo-jung, irmã mais nova do líder coreano, em conjunto com Kim Jong Sik e Ri Pyong Chol, dois responsáveis do programa nuclear da Coreia do Norte- sendo o último Ministro dos Negócios Estrageiros-, foram promovidos por Kim Jong-un, obtendo assim um maior poder de decisão no politburo– o comité executivo do partido comunista. A irmã mais nova de Kim, de 28 anos, já ocupava uma posição importante no departamento de propaganda e agitação do país. No…