• Desporto

    Assim o Sporting devia acabar

    O Sporting é um clube sofredor. A seca de títulos notórios, sem querer tirar mérito a Taças de Portugal e Supertaças, tem causado, ao longo dos últimos anos, um clima de mau-estar e de certo desespero em torno da massa associativa, e esse desespero nem se deve tanto a essa seca: deve-se muito, também, ao Benfica ganhá-los ou disputá-los pelo Sporting. Em 2005, à boa moda leonina, a equipa desperdiçou a oportunidade única de ganhar o seu maior título de sempre (a Taça UEFA) no seu próprio estádio. Chorei bastante nesse dia, como adepto incondicional do meu clube, aos 7 anos. Mas à medida que fui crescendo e me fui…

  • Atualidade

    Manuel Maria Carrilho condenado a quatro anos e meio de prisão com pena suspensa

    O ex-ministro da Cultura Manuel Maria Carrilho foi condenado, na passada terça-feira, a quatro anos e seis meses de prisão com pena suspensa pelos crimes de agressão, injúrias e violência doméstica. Estes foram cometidos contra a sua ex-mulher, a apresentadora Bárbara Guimarães. A defesa de Carrilho já anunciou que vai recorrer da decisão do juiz. Após uma leitura do acórdão, que demorou mais de meia hora, a juíza presidente do coletivo do juízo 22 do Tribunal de Comarca de Lisboa deu o ex-ministro da Cultura Manuel Maria Carrilho como culpado pelos crimes de agressão, injúrias e violência doméstica contra a ex-mulher, Bárbara Guimarães, no decorrer do ano de 2014. O tribunal…

  • Opinião

    A 4 Mãos: Adultério no casamento ou na justiça?

      Maria Moreira Rato (MMR): “O adultério de uma mulher é um gravíssimo atentado à honra e dignidade de um homem.” — acreditas que esta frase consta num acórdão do Tribunal da Relação do Porto?   Marcos Melo (MM): O caso é insólito. O que, à partida, parece uma piada de mau gosto (não vivêssemos nós na era das fake news), é, de facto, um episódio verídico protagonizado pela Justiça Portuguesa, e materializado, para a posteridade, por este caricato Acórdão do Tribunal da Relação do Porto. É inadmissível que um juiz, a quem compete o escrupuloso cumprimento da Constituição Portuguesa, se guie por ideais machistas, misóginos e outros que tal.…

  • Atualidade

    Suspeito de homicídios em Barcelos em prisão preventiva

    O arguido foi acusado de quatro crimes de homicídio O suspeito do quádruplo homicídio ocorrido na sexta-feira em S. Veríssimo, Barcelos, foi hoje a Tribunal para ser ouvido em primeiro interrogatório judicial. O acusado, que manteve o silêncio, ficou em prisão preventiva – a medida de coação mais grave. A decisão de um juiz de instrução criminal do Tribunal de Braga foi justificada por se verificarem “todos os perigos previstos” no artigo n.º 204 do Código do Processo Penal. O homem saiu do tribunal de cabeça tapada por um casaco e foi apupado por alguns populares, tendo sido conduzido pela Polícia Judiciária ao Estabelecimento Prisional de Braga. O arguido, de…

  • Atualidade

    Quatro pessoas degoladas em Barcelos

    Quatro pessoas foram esfaqueadas com arma branca até à morte na freguesia de Tamel, São Veríssimo, em Barcelos. O autor de sessenta anos já confessou o crime. Segundo o comandante da GNR, Adelino Silva, “os homicídios foram com arma branca através de ataque à zona do pescoço das vítimas”. Inicialmente, a GNR tinha encontrado um casal com 84 anos e oitenta anos, respetivamente homem e mulher, e uma mulher de sessenta anos mortos em casa. No entanto, mais tarde, outra vítima fora encontrada na rua: uma mulher de 37 anos, que estava grávida de 7 meses. Os familiares e amigos das vítimas afirmam que foi o agressor a alertar o…

  • Literatura

    Rupi, Milk and Honey: Uma combinação sublime

    Poderíamos estar a falar de uma qualquer cura para a constipação, mas Milk and Honey trata de muito mais que isso. Visto habitualmente como uma coletânea de poemas sobre sobreviver à violência, ao abuso sexual e experienciar o amor, a perda e a feminilidade, Milk and Honey é o exorcizar dos demónios, a transposição dos sonhos e um grito de revolta da autora Rupi Kaur. Com versos crus que se entranham na nossa mente e ilustrações que os acompanham, criando uma harmonia quase inacreditável, este livro apresenta somente duas abelhas na capa. A simbologia subjacente a estes insetos aparentemente simples é tudo menos isso: imortalidade, ordem, diligência,  lealdade, cooperação, nobreza,…

  • Capital,  Secções

    A violência contra a mulher não é um mundo que a gente quer

    Numa marcha coordenada por 16 organizações, entre elas a UMAR (União de Mulheres Alternativa e Resposta), APAV (Associação Portuguesa de Apoio à Vítima), ILGA (Intervenção Lésbica, Gay, Bissexual e Transgénero), Capazes Associação Feminista, e Por Todas Nós, centenas de pessoas saíram ontem à rua para dar voz a esta causa. “Já nem devíamos estar a lutar por isto neste momento”, disseram Marta Valente e Liliana Mota, representantes do PAN (Pessoas-Animais- Natureza) que explicaram que lutam por todas as minorias e que a questão da violência é uma questão de género. Perto das 18h30 já cerca de trezentas pessoas se juntavam na Praça do Comércio à volta de faixas onde se…

  • Atualidade

    Governo aprova alargamento de lista de crimes em que as vítimas ficam isentas de pagar despesas judiciais

    O Ministério da Justiça aprovou a proposta do Bloco de Esquerda que propunha alargar a lista dos crimes em que as vítimas estariam isentas de pagar despesas processuais. Até então a medida abrangia apenas os casos de violência doméstica. Uma fonte oficial do gabinete de Francisca Van Dunem, ministra da Justiça, adiantou ao DN que: “no Orçamento para o próximo ano, o Governo entendeu que deveria alargar esta isenção às vítimas de escravidão, tráfico de pessoas e violação. O Ministério da Justiça aceitou ainda a proposta do Bloco de Esquerda de incluir neste grupo as vítimas de coação sexual e mutilação genital feminina”. Esta medida poderá vir a reforçar a…

  • Opinião,  Secções

    Praxe: violência, obediência cega e discriminação

    A praxe académica é o conjunto de regras que define o que os alunos podem fazer, as relações entre eles e os rituais que devem cumprir. É uma tradição pela qual é quase obrigatório passar quando se frequenta o ensino superior, pelo caráter simbólico que ela tem: de integração dos alunos novos, de enaltecimento do curso e da faculdade e de preparação dos participantes para a sua vida. A praxe integra os caloiros ao pô-los todos ao mesmo nível, que é sempre abaixo do dos alunos mais avançados, que humilham um grupo de estudantes do primeiro ano para que eles possam integrar-se na faculdade. Mesmo que haja caloiros a defender…

  • Opinião,  Secções

    Uma vida sem viver

    Uma relação deve basear-se numa reciprocidade de sentimentos, de confiança, de respeito e na garantia de um sentimento de segurança. Porém, esses sentimentos podem por vezes ser quebrados, e quando tal acontece qualquer relação deveria deixar de existir. No entanto, existem casos em que isso não acontece. Quando decidimos que queremos estar com alguém é porque essa pessoa nos faz sentir bem e nos trata como merecemos. Devemos sentir que essa pessoa nunca nos vai fazer sofrer e que vai impedir que algo ou alguém nos magoe; infelizmente, nem sempre isso acontece. Pode começar com palavras que são ditas no calor do momento, palavras ofensivas que nos fazem sentir como…